17 de julho de 2015

Mystara #14 - O Soderfjord Jarldoms

Olá Galera,

A última postagem que fiz com o tema Mystara data de 2013. Eu cheguei a receber comentários perguntando se eu continuaria a série de Posts e recebi mensagens pessoais perguntando onde estava o resto do texto. Pois bem, hoje eu trago mais um lugar do Mundo Conhecido para vocês se divertirem.


Além disso, organizei os posts de Mystara em uma página em separado, afim de facilitar a busca. Antes do texto, seguem algumas curiosidades:

Soderfjord - Etimologicamente, é um Fiorde que pertence às terras de Soder, ou Sader. 
Jarldoms - Jarl ou Earl é o nome de um líder. Um Jarl era normalmente um homem de poder político e/ou econômico, que governa no lugar de um rei, ou no caso de Mystara, do imperador.
Soderfjord Jarldoms não tem uma tradução, mas pode ser entendido como algo próximo de "Domínios dos Jarls que se localizam no Fiorde das terras de Soder/Sader"

O Soderfjord Jarldoms



Geografia

O território de Soderfjord é bem adequado para um povo se estabelecer e se desenvolver. Ele é composto por um grande planalto costeiro que é interrompido pelos vales entre os rios Saltfjord e Otofjord. O planalto é coberto por campos arborizados e pastagens, além de ter a melhor terra agrícola da região. Os vales dos rios são densamente povoados, e as cidades de Soderfjord e Backwater foram erguidas neles. Duas outras regiões são colonizadas; a fronteira norte com o reino de Vestland, e a cidade no meio da montanha ao sul, Castellan, que é o principal posto de comércio com Cinsa-Men-Noo nos Emirados de Ylaruam.

Montanhas e colinas não colonizadas por humanos compõem as fronteiras oeste e sul de Soderfjord. Pastores nômades Gnolls habitam as colinas Gnollheim, enquanto a montanha Hardanger é o lar de vários clãs kobolds. Estas regiões, embora sejam consideradas parte dos Jarldoms, não são controladas por nenhum dos clãs de Soderfjord.

No centro da nação está um vasto pântano, pontuado por pequenas áreas de terra fértil. Alguns colonos vivem no Grande Pântano, a maioria é composta por soldados em fortificações que protegem a Estrada do Pântano para Castellan. A Estrada do Pântano é parte de uma rota de comercio que corta a nação de norte a sul, trazendo caravanas de Vestland até a Jotunvalk Pass, que fica exatamente na fronteira com os Emirados de Ylaruam.

História

A existência de Soderfjord enquanto nação é algo bem novo, data de 950 AC, quando a Liga de Defesa de Nordhartar foi formada através do Tratado dos Domínios Aliados, assinado pelos mais poderosos jarls da região. Antes disso, os jarls de Soderfjord constantemente declaravam guerra uns contra os outros, porém, toda vez que um deles parecia forte o suficiente para se estabelecer como Rei, seus rivais se juntavam para derrubar a monarquia recém estabelecida. Os frequentes ataques dos invasores de Ostlans somente tornavam as coisas piores.

Depois da formação da Liga, tratados foram assinados tanto com Vestland quanto com os Emirados de Ylaruam, que estavam interessados em proteger uma valiosa rota de comercio e evitar que Ostland conquistasse Soderfjord. Como os Reis de Ostland pediram ajuda a Thyatis, um impasse foi atingido, o que permitiu que a Liga sobrevivesse até os dias de hoje, inclusive com a luta interna generalizada por poder entre os poderosos jarls.

O Povo

O povo de Soderfjord defende os valores de independência e auto-suficiência além de toda uma tradição democrática, apoiada em uma assembléia legislativa de todos os homens livres.

A sociedade possui oficialmente duas castas, os Jarls e os homens livres. A escravidão é ilegal, e por isso, a classe mercadora não é nem de perto tão desenvolvida quanto no reino vizinho de Vestland. No entanto, jarls são a única voz da lei em seus próprios domínios, por isso, existem algumas regiões onde os homens livres são mantidos como servos do jarl local.

As cidades de Castellan e Soderfjord destacam-se como exceções à mistura da população comum dos Jarldoms. Esta última cidade é um porto cheio desses personagens obscuros, comuns nas terras do sul, mas raros em Terras do Norte, e abriga a única força militar grande e permanente dos Jarldoms, a Brigada de Ragnar, baseada no Forte de Ragnar, a residência do atual Ministro da Guerra e general da Liga de Defesa de Nordhartar.
Castellan tem uma grande parcela de estrangeiros entre os seus residentes, incluindo um bairro de anõese vários comerciantes Ylari. Uma classe bastante grande de comerciantes nativos se desenvolveu na cidade. O grande fluxo de dinheiro devido à presença do Trade Route Overland acelerou o desenvolvimento da cidade, que agora ostenta um forte de pedra construído pelos anões e muitas mais edificações de pedra do que o resto das cidades de Soderfjord.

Além de humanos e anões, os únicos habitantes da região são as hostis tribos de humanóides. Estas incluem em sua maioria gnolls e kobolds, porém, existem também gigantes do gelo e os misteriosos anões moldadores.

Governo e Religião

O governo de Soderfjord é dividido entre o Conselho dos Grandes Jarls e o ministro da guerra, atualmente Ragnar, o robusto, o jarl do clã Soderfjord. O Conselho se encontra duas vezes por ano, e tem o poder de criar leis e políticas, além de deter o poder de selecionar um Ministro da Guerra. O ministro da guerra, normalmente um general, é responsável pela defesa do reino, mas não possui nenhum outro tipo de poder político. Mesmo o conselho sendo politicamente capaz de criar leis, ele não pode forçá-las diretamente à população, visto que dentro de um domínio, o líder do clã ou o jarl é a única autoridade e é ilegal para qualquer outra pessoa policiar o domínio alheio, mesmo que um jarl não implemente uma lei do conselho.

O povo de Soderfjord venera principalmente Frey e Freyja, os guerreiros e jarls costumam venerar Odin e Thor por conta de sua força. A veneração de Loki é amplamente tolerada, e mesmo os seguidores de Hel podem se permitir relaxar e realizar suas práticas, já que o governo central é fraco demais para exigir o banimento destes cultistas.

Outros Reinos de Mystara


  1. Gran Ducado de Karameiko
  2. Atruaghin Clans
  3. Principado de Glantri
  4. Emirados de Ylaruan
  5. O Império de Thyatis
  6. O Império de Alphatia
  7. Reino de Vestland
  8. Reino de Ierendi
  9. República de Darokin
  10. Reino Élfico de Alfheim
  11. Reino de Rockhome
  12. Os Cinco Condados
  13. O Reino de Osland
  14. O Soderfjord Jarldoms

14 de julho de 2015

Drops #6 - R.I.P. Paço Alfândega



Olá Pessoal,

Ontem foi um dia triste para o RPG pernambucano. E não só para o RPG, para todos os nerds, geeks, otakus e simpatizantes da cultura pop em geral. O Paço Alfândega se igualou aos outros Shoppings da região e proibiu qualquer tipo de atividade.

Essa decisão trará um impacto grande na comunidade formada aqui na cidade. Lembro-me que no dia 3 de julho de 2008, este blog foi criado com o intuito de divulgar as aventuras do meu grupo de RPG. A primeira postagem comentava o quanto era bom estarmos no ambiente do Shopping, afinal, fomos expulsos de dois outros lugares pelo simples motivo de estarmos jogando RPG.

De 2008 pra cá, foram 7 anos de jogo, onde pude ver a chegada de outros grupos de RPG, e outros grupos de nerds: jogos de tabuleiro, card games, liga Pokémon de Nintendo DS, cosplays, e até gente que ia no shopping para conversar e encontrar os amigos.

Em todos os anos em que estive por lá, vi pessoas jogando, mas, ao mesmo tempo, consumindo coisas no shopping. Eu sempre que ia por lá acabava comprando mangás, jogos e/ou livros de RPG na Livraria Cultura (Geek.etc). Meus amigos faziam o mesmo. Em sessões longas de RPG, sempre dávamos uma pausa para comprar refrigerantes e lanches na praça de alimentação, nada mais justo pois estávamos usufruindo do espaço deles.

Mas nada disso será mais possível dentro do Paço Alfândega. Alternativas? Jogar na casa dos amigos, procurar lojas especializadas, luderias, procurar outros hobbies... Uma pena.

Agora, o que podemos fazer? Vários grupos no Facebook estão se organizando, vão usar a internet a nosso favor, e eu convido todos a fazerem o mesmo. Visitem a Fanpage do Paço Alfândega. Façam um Review de 1 estrelinha, dizendo o quão ruim é a decisão. Sejam educados, apresentem argumentos válidos. Comentem nas fotos com o mesmo afinco e educação. Vamos fazer a vóz dos RPGistas, Geeks, Otakus, etc ser ouvida.

Muito obrigado a todos os que leram até aqui e a todos que apoiarão a causa.

PS: Acho que vou mudar o nome do Blog. Me sugiram algo!